Tratamentos naturais para aumentar o apetite sexual

Compartilhe esse conto!

Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email

Quando o desejo não vem…

Falta de apetite – sexual – é coisa séria. Afinal, sexo não é só prazer, mas também saúde. Ele protege o coração, é um ótimo pretexto para queimar calorias (e queima mesmo!), deixa a nossa auto-estima lá em cima e nos tona muito mais leves, jovens, bem humoradas. Ele é tão importante que serve até como um dos parâmetros da Organização Mundial de Saúde para determinar a qualidade de vida das pessoas. E para manter o desejo sexual lá em cima, não é tão complicado como muita gente pensa. Alguns cuidados, receitas e segredinhos são a chave para você manter a libido a mil.

A gente já sabe que fatores psicológicos como o estresse, a ansiedade e o nervosismo podem provocar a queda do desejo, mas, segundo a ginecologista Rosaly Rulli, do Hospital Brasília, a libido também envolve questões orgânicas, ou seja, se o organismo não estiver funcionando bem, o sexo também vai ficar prejudicado. Doenças como diabetes, hipertensão, obesidade e síndromes metabólicas, por exemplo, estão diretamente relacionadas ao desempenho sexual, uma vez que podem interferir na libido. Por isso, é importante fazer uma visita regular ao médico para checar se a saúde vai bem.

“No caso da mulher, certas infecções vaginais também podem inibir o desejo sexual, porque causam dor. Quem vai querer ter relações assim, não é mesmo? Não vai dar nenhum prazer”, afirma a médica. Segundo ela, o primeiro sinal dessas infecções costuma ser o corrimento. Portanto, fique atenta. Está com infecção? É só tratar e você vai ficar novinha em folha!

Outro mal que pode atrapalhar a vida da mulher embaixo dos lençóis é a endometriose, doença caracterizada pela presença de tecido endometrial (aquele que reveste o útero internamente) fora da cavidade uterina, causando muita dor. Mas, tratando a doença direitinho, a vida sexual é normal.

Não se pode esquecer, também, a menopausa, fase clássica e inevitável para o sexo feminino em que a diminuição de estrogênio pode levar à perda da libido. Mas fique tranquila! Não é nada que a reposição hormonal feita com cuidado e acompanhamento médico não possa resolver. E por falar em menopausa, bem antes dela pode haver um estágio igualmente complicado para a vida sexual da mulher: a amamentação. “A prolactina, hormônio responsável pelo estímulo da produção de leite, pode diminuir a libido”, explica a ginecologista do Hospital Brasília.

Nessa lista de “água que apaga o fogo”, não poderiam faltar os alimentos inimigos do sexo. Fast foods, embutidos, excesso de gordura e de açúcar podem comprometer a saúde do corpo e, consequentemente, a hora H. “Uma alimentação não balanceada traz prejuízos para o sexo, uma vez que alguns nutrientes podem alterar a produção de hormônios sexuais”, explica a nutricionista Renata Gonçalves, do GANEP – Grupo de Nutrição Humana. E se alguns alimentos podem agir contra o sexo, outros podem atuar de forma favorável.

Para aumentar o desejo sexual, a nutricionista explica que podemos usar algumas especiarias como açafrão, cravo, noz moscada, pimentas de vários tipos, gengibre, tomilho, ginseng, canela, aipo, mostarda e coentro no prepado da comida. “Já as ostras frescas, que contêm fósforo, iodo e zinco, aumentam a disposição para o sexo, uma vez que podem potencializar a produção de testosterona e de espermartozóides, além de aumentar a lubrificação vaginal”, revela.

Ainda segundo a nutricionista, o amendoim, muito citado como afrodisíaco, contém grande quantidade de vitamina B3, que colabora para a vasodilatação sanguínea, podendo contribuir para a melhora da vida sexual. Já a falta de ômega 6, encontrado nos óleos vegetais, no organismo pode aumentar a TPM, reduzindo o apetite sexual. O magnésio, encontrado nas verduras, proporciona maior equilíbrio emocional, evitando a TPM. Por fim, os bioflavonóides, que você encontra no morango, na cereja, na framboesa e na amora, por exemplo, têm propriedades anti-inflamatória, anti-alérgica, antiviral, antitumoral, anti-oxidante e anti-hemorrágica, prevenindo uma série de doenças e desconfortos que podem afetar a libido.

Os farmacêuticos Sérgio Panizza e Rogério Veiga também sugerem fórmulas naturais em diversos tratamentos que, desde que aconselhados pelo seu médico ou profissional especializado, podem ser tiro e queda para aumentar o apetite sexual.

Tratamento I

Tintura de gengibre (Zingiber officinale): tomar 60 gotas em um copo com um pouco de água, duas vezes ao dia, de preferência com o estômago vazio.

Cápsulas de 500mg de guaraná em pó (Paullinia cupana): tomar duas cápsulas no mínimo 30 minutos antes das relações sexuais.

Tintura de passiflora (Passiflora sp.): tomar 30 gotas em um copo com um pouco de água, três vezes ao dia, de preferência com o estômago vazio.

Tratamento II

Cápsulas de 500mg de gengibre em pó: tomar duas cápsulas de 12 em 12 horas.

Cápsulas de 500mg de cenoura em pó: tomar duas cápsulas de 12 em 12 horas.

Tintura de Passiflora incarnata: tomar 50 gotas em um copo com um pouco de água, de 12 em 12 horas.

Gergelim ou linhaça: consumir, por dia, duas colheres de sobremesa cheias.

Extrato seco de Panax ginseng: tomar uma cápsula de 200mg uma hora antes da relação. (Atenção: não utilizar continuamente em caso de hipertensão arterial)

Contra a ejaculação tardia, o farmacêutico Sérgio Panizza recomenda o seguinte tratamento natural combinado:

Tintura de Turnera diffusa (Damiana): tomar 60 gotas em um copo com um pouco de água, duas horas antes das relações sexuais.

Banana e gérmen de trigo: três bananas prata ou duas nanica, por dia, com uma colher de sopa de gérmen de trigo.

Suco de 50 g de cenoura, por dia (pode ser associado a frutas).

E por falar em suco, o fitoterapeuta André Resende também deixou duas receitinhas que prometem levantar qualquer astral:

Suco revigorante

– Um punhado de alfafa fresca – Um punhado de folhas de trigo – Um kiwi – Suco de um limão – Um copo de água – Adoçante e gelo a gosto Bata tudo no liquidificador e tome o suco três vezes ao dia.

Suco energético

– Uma colher de chá de guaraná em pó – Um caju

– Um copo de água de coco

– Adoçante e gelo a gosto Bata tudo no liquidificador e tome o suco uma vez ao dia.

Para intensificar o desejo sexual, é importante, ainda, além da alimentação equilibrada – rica em carboidratos integrais como massas, pães e arroz, carnes magras, peixes, frango sem pele, frutas, vegetais folhosos e legumes – a prática de atividades físicas regulares. “Os exercícios são fundamentais não só para a saúde do corpo, mas para a da mente também, aliviando o estresse, melhorando a qualidade do sono e prevenindo uma série de doenças, como o diabetes”, finaliza a ginecologista Rosaly Rulli.

Agora, é só caprichar na lingerie e fazer a festa!

Veja mais posts

Sem categoria

Cantada pro boy

No travesseiro você coloca só a cabeça em mim voce coloca tudo

Sem categoria

Gabicatasdas

Tenho dois ursinho O tigo e o migo Se eu ficar com o tigo Se fica com migo